© 2017 por Caminha Rio. Orgulhosamente criado no Wix.com

(21) 99856-7756  Rio de Janeiro  caminhario1@gmail.com

Movimento organiza calendário de mobilidade ativa

e propõe trazer campanha educativa internacional para as escolas do país


Desde que surgiu, em 2016, o movimento Caminha Rio se engajou em várias campanhas e ações de grupos parceiros - não só as representado na cidade do Rio como também ajudando a divulgá-las em suas mídias. Em maio passado, participaram do Movimento Maio Amarelo junto a órgãos públicos como o Detran e a Operação Lei Seca, do qual foram representantes na categoria sociedade civil em seu estado eleitos pelo Observatório Nacional de Segurança Viária.


Percebendo que a mobilização de alguns grupos vem aumentando expressivamente e que datas para celebrar a mobilidade ativa começavam a integrar calendários oficiais, decidiram organizar o que, inicialmente, seria um calendário de mobilidade a pé. Porém, notando que muitas organizações cicloativistas já inseriram a mobilidade a pé em suas pautas, o Caminha Rio optou então por um calendário de mobilidade ativa, listando também datas comemorativas da bicicleta, como o Dia Nacional do Ciclista (19 de agosto) e o Dia de ir de bike ao trabalho, por exemplo.


“No início de 2018, promovemos uma enquete simples mostrando algumas efemérides significativas que já existiam exclusivamente em prol da mobilidade a pé e pedimos que outras fossem sugeridas. Não foi surpresa que muitas das sugestões estivessem relacionadas com datas ligadas à bicicleta”, diz Thatiana Murillo, idealizadora do Caminha Rio. “Inclusive, foram apontados para a inclusão no calendário eventos como o Bicicultura e o Velocity, que hoje já abriram espaço para o tema da mobilidade a pé. Era mais sensato englobar tudo”, complementa.


Foram 40 respostas, tendo a maioria dos participantes atividades profissionais ligadas à mobilidade (67,5%). “Como boa parte das enquetes respondidas foi de moradores do Rio e São Paulo não conseguimos detectar se há no país mais datas locais como a Semana Municipal do Pedestre no Rio, que foi incluída no calendário oficial do município desde 2017.”


É importante destacar que o principal objetivo da enquete promovida foi uma votação para a escolha de duas datas significativas para a pessoa com deficiência. Afinal, um dos pilares do Caminha Rio é a luta pela acessibilidade. “Desde que começamos o nosso movimento conhecemos pessoas com deficiência que hoje fazem um incrível trabalho de militância nesse sentido e acreditamos que dar visibilidade a elxs é essencial.”


Entre as datas sugeridas para serem incluídas no calendário, as mais votadas foram o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21/09), com mais de 50% dos votos, e o Dia da Pessoa com Deficiência Física (11/10), com quase 40% dos votos.


É importante frisar que o Caminha Rio considera importantes todas as efemérides relativas à pessoa com deficiência. “Não se trata de valorizar uma data mais do que outra, mas de chamar atenção para o grupo que hoje é o mais penalizado em razão dos nossos pobres investimentos em mobilidade ativa. Por causa disso, nós também aceitamos a sugestão de incluir o Dia Internacional dos Direitos Humanos (10/12). O direito de ir e vir, que está na Constituição Federal de 1988, não é um direito de todos.”


“Todo cidadão tem direito de se locomover livremente nas ruas, nas praças, nos lugares públicos, sem temor de serem privados de locomoção”, diz a lei. Infelizmente a população de nosso país encontra muitas irregularidades nos seus deslocamentos e muitas vezes o cidadão tem dificuldade de se locomover nos municípios brasileiros devido à falta de estrutura das calçadas e dos meios de transporte oferecidos pelos nossos governantes.


O calendário compilado pelo Caminha Rio também listou algumas datas internacionais relevantes para a mobilidade ativa. “Achamos que era essencial incluir o Dia Mundial da Bicicleta (3/06)”, data estabelecida pela ONU neste ano de 2018". Outras celebrações internacionais também são parâmetros importantes por serem de amplo alcance. Por exemplo, o Jane’s Walk Festival é celebrado em vários países. Isso é fantástico”.


Thatiana destaca que desde 2017 o CONTRAN - Conselho Nacional de Trânsito -, através de resoluções divulgadas entre janeiro e fevereiro, define tema e cronograma das campanhas educativas sugeridas para o trânsito a serem desenvolvidas ao longo do ano. Em 2018 foram propostas para março deste ano uma campanha de conscientização sobre o respeito ao pedestre e, para novembro, uma campanha de conscientização e respeito ao ciclista. A simples sugestão de campanhas específicas para pedestres e ciclistas é um claro indício que a mobilidade ativa vem ganhando cada vez mais destaque dentro dos gabinetes oficiais, ainda que as políticas públicas sejam lentas em favorecer esses grupos.


“Está na hora da sociedade civil saber que o pedestre e o ciclista estão na pauta educativa das campanhas do CONTRAN. É claro que é complicado fazer grandes campanhas o ano todo, faltam recursos e mão de obra. Não dá pra fazer um maio amarelo por mês, mas os grupos e organizações que militam pela mobilidade podem se organizar e propor parcerias aos órgãos de trânsito.”


Finalmente, o Walk to School Day (outubro) - Dia de ir a pé para escola -, que de forma nenhuma poderia ficar de fora do calendário, inspirou o Caminha Rio a propor a campanha no Brasil convidando vários parceiros da rede de mobilidade neste mês de setembro. “Nós aqui já temos grupos fazendo esse belo trabalho educativo o ano inteiro. Falta dar mais visibilidade ao tema e mobilizar secretarias levando ações para dentro das escolas.”


Thatiana esclarece que o calendário não é fixo. “Pode ser que nos próximos anos algumas das campanhas existentes hoje não sejam repetidas. Há também campanhas e ações que não acontecem todos os anos, como a Calçadas do Brasil promovida pelo portal Mobilize. Mas é preciso que tudo isso que é feito para a melhoria da mobilidade seja permanentemente visto e relembrado. É a nossa memória, a nossa história sendo construída também por organizações populares.”


No calendário da mobilidade ativa, também sugeridas pelos que participaram da enquete, vamos encontrar ainda datas que lembram vítimas do trânsito e outras que vão chamar atenção para o grupo dos idosos, seja o dia estabelecido para eles em outubro ou o Dia Mundial da Prevenção a Quedas (24/06), que é internacional. “Nossas ações pela mobilidade ativa querem promover mais saúde. Não podemos ignorar os idosos ou as vítimas do trânsito com sequelas que hoje têm sua qualidade de vida diminuída em função de não terem vias mais acessíveis e amigáveis para quem não anda motorizado. É preciso reduzir mortes e acidentes.”


O Caminha Rio acredita que compilar um calendário que seja amplamente divulgado pode ajudar a rede de mobilidade a se organizar coletivamente para os próximos eventos e ações a partir do ano que vem. “Inclusive porque já temos parcerias em várias outras campanhas e ações. Quanto mais gente participando melhor. É assim que vamos alcançar nossos objetivos.”
 

 

 

Para salvar na sua agenda de mobilidade


Janeiro e Fevereiro
Desde 2017 o CONTRAN - Conselho Nacional de Trânsito, através de resoluções divulgadas entre janeiro e fevereiro, define tema e cronograma das campanhas educativas para o trânsito a serem desenvolvidas durante todo o ano.
Abril
Calçada Cilada (desde 2014) - organizador: Corrida Amiga/SP
Dia Internacional do Ciclista - 15 de abril
Maio
Maio Amarelo (desde 2014) - organizador: Observatório Nacional de Segurança Viária
Jane's Walk - organização nacional e internacional
Dia de Bike ao Trabalho (desde 2013) - 2ª sexta do mês - organização nacional
Junho
Dia Mundial da Bicicleta - 3 de junho foi declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Dia Mundial da Bicicleta em 2018.
24 de junho é Dia Mundial de Prevenção de Quedas, data criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e incorporada ao Calendário do Ministério da Saúde para alertar, especialmente idosos, sobre o risco de queda.
Julho
Dia de ir a pé ao trabalho (desde 2016) - 1ª sexta do mês - organizador: Corrida Amiga/SP
Agosto
Dia Internacional do Pedestre - 8 de agosto em razão da famosa foto dos Beatles cruzando a faixa em Abbey Road, data em que a foto foi tirada. Em alguns países é comemorado no dia 17 em razão do primeiro registro de atropelamento que se conhece, realizado em 1897 na Inglaterra.
Semana do Caminhar (desde 2017) - organizador: SampaPé/SP
Dia Nacional do Ciclista (desde 2017) - 19 de agosto
Setembro
Semana da Mobilidade - organizadores: Corrida Amiga/Bike Anjo/Desvelocidades
Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência - 21 de setembro
Dia Mundial sem Carro - 22 de setembro
Semana Nacional de Trânsito - 18 a 25 de setembro
Semana Municipal do Pedestre no Rio (desde 2017) - 24 a 30 de setembro
Outubro
Walk to School Day - campanha realizada por vários países em outubro para promover a mobilidade ativa nas escolas. No Brasil a campanha foi lançada neste ano de 2018 pelo Caminha Rio.
Dia do Idoso - 1 de outubro
Dia da Pessoa com Deficiência Física - 11 de outubro
Novembro
A Organização das Nações Unidas (ONU) celebra o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito (World Day of Remembrance, em inglês) sempre no terceiro domingo do mês.
Dezembro
Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - 3 de dezembro
Dia Internacional dos Direitos Humanos - 10 de dezembro

Eventos e campanhas sem data fixa 

Bicicultura

Velocity

Calçadas do Brasil - portal Mobilize (em 2018 na segunda edição)